Blog : Novidades tecnológicas

Estado Islâmico x Telegram

[et_pb_section admin_label=”section”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Text” background_layout=”light” text_orientation=”left” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”]

O Estado Islâmico declarou guerra ao Telegram, o aplicativo de mensagens que eles usavam até pouco tempo atrás. Isso ocorreu após os donos do software bloquearem 78 canais usados pelo grupo terrorista em 12 línguas diferentes – para atingir o número máximo de potenciais soldados de fora do mundo árabe, mostra o Business Insider.

O aplicativo russo era frequentemente acusado de ser cumplíce por facilitar que os terroristas falassem anonimamente – e não fazia nada para bloquear ou ajudar nas investigações. “Privacidade é mais importante que o medo que coisas ruins aconteçam, como terrorismo. De qualquer maneira, o Estado Islâmico vai encontrar uma forma de se comunicar com seus soldados e se algo não parecer seguro para eles, eles vão fazer outra coisa. Não nos sentimos culpados por isso, ainda estamos fazendo a coisa certa, que é proteger a privacidade dos nossos usuários”, disse Pavel Durov, fundador do aplicativo em setembro.

Dois meses, um avião russo abatido e ataques na capital francesa depois e o discurso do Telegram mudou. “Estamos chocados de saber que os canais públicos do Telegram eram usados pelo Estado Islâmico para difundir sua propaganda. Estamos avaliando todos os relatórios enviados e tomando a ação apropriada para bloquear esses canais”, alerta o aplicativo.

O EI respondeu declarando guerra ao Telegram e alertando seus usuários. “Tenha muito cuidado, pois agora nada é seguro para usar, já que eles podem rastrear suas informações. Continuem usando VPNs e sejam cuidadosos. Que Alá os proteja”, afirmou um dos canais ainda ativos do grupo terrorista.

O Telegram, porém, ressalta que esse banimento não é aplicável a restrições locais de liberdade de discurso. “Telegram não vai ser parte de censura motivada por política. Vamos bloquear bots e canais terroristas, mas não vamos bloquear ninguém que esteja expressando opiniões alternativas de maneira pacífica”, afirmam os responsáveis pelo aplicativo.

Fonte: StartSe

[/et_pb_text][et_pb_cta admin_label=”Call To Action” button_url=”https://client.findup.com.br/#/home” url_new_window=”on” use_background_color=”off” background_color=”#f4ab00″ background_layout=”dark” text_orientation=”center” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” custom_button=”on” button_letter_spacing=”0″ button_use_icon=”default” button_icon_placement=”right” button_on_hover=”on” button_letter_spacing_hover=”0″ button_bg_color=”#ffbb00″ button_text_color=”#ffffff” button_bg_color_hover=”#f9c300″ button_text=”Chame agora mesmo um Técnico” custom_margin=”||20px|” button_border_radius=”6″] [/et_pb_cta][et_pb_blog admin_label=”Blog” fullwidth=”off” posts_number=”3″ show_thumbnail=”on” show_content=”off” show_more=”on” show_author=”off” show_date=”off” show_categories=”off” show_comments=”off” show_pagination=”off” offset_number=”0″ use_overlay=”on” hover_overlay_color=”rgba(224,153,0,0.68)” background_layout=”light” use_dropshadow=”off” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid”] [/et_pb_blog][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Comentários
Compartilhar
20 novembro, 2015
-->